Acervo Nair Benedicto

Nair Benedicto é graduada em rádio e televisão pela ECA-USP. Fundou em 1979 a AgênciaF.4 de Fotojornalismo, em 1991 criou o Núcleo dos Amigos da Fotografia (Nafoto), que promove o Mês Internacional da Fotografia de São Paulo, também fundou a Agência N-Imagens e passou a organizar exposições e dar cursos e palestras. Recebeu o 11º Prêmio Abril de Fotojornalismo. Realizou documentários, é autora de vários livros, dentre eles “A greve do ABC” e “A questão do Menor”.

O futebol se destaca como o esporte mais praticado entre os diversos grupos indígenas no Brasil. Algumas lideranças atribuem aos padres missionários o aprendizado das regras do jogo, enquanto que gerações mais novas já nasceram influenciadas pela rotina nas aldeias marcada pela audiência das transmissões de jogos na TV. Os grupos organizam campeonatos de futebol de campo praticado tanto por homens como por mulheres indígenas há décadas. E, para além dos campeonatos, o futebol  tornou-se uma potente prática de lazer entre os indígenas, com destaque à atuação feminina no campo, na técnica e na torcida.

As fotos abaixo foram feitas em 2013, na Aldeia Tava-Mirim (Paraty – RJ) e nos Jogos Dos Povos Indígenas em Cuiabá (MT). Segundo a fotógrafa, todos os vencedores de jogos foram nomeados pelo alto-falante, menos a equipe feminina vencedora do campeonato, da etnia Parkateje. Parte do acervo de Nair Benedicto está exposto na exposição As Donas da Bola no Museu do Futebol até final de março de 2016.

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Deixe seu comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>